Nova Pontocom, Extra.com e o desrespeito ao consumidor

No último dia 8 de janeiro, comprei um notebook no Extra.com. O valor informado na tela para pagamento via boleto bancário era de R$ 1.226,81, porém, após finalizar a compra, o boleto foi gerado com o valor de R$ 1.345,61. Logo após receber e-mail de confirmação de compra às 9h53, fiz um print screen da tela, às 9h54, que confirma o preço errado, conforme podem ver abaixo:

Preço anunciado às 9h54, um minuto após a finalização da compra

Preço anunciado às 9h54, um minuto após a finalização da compra (8/1/2014)

Feito isso, fiz contato com o Extra.com, via chat, para tentar solucionar a situação. A conversa, iniciada pela atendente Andreia Santos, começou às 10h41. Informei o problema e às 10h47 a atendente disse que ia verificar o meu cadastro. Nove minutos depois, voltou com a seguinte informação: “Verifiquei em seu cadastro e conta [sic] que,[sic] seu pedido tem o valor de 1,345.61 [sic]”. Aleguei que esse não havia sido meu questionamento inicial, ao que fui informado que o preço do produto havia sido atualizado, mesmo após minha alegação de que possuía o print screen da tela. Ao fim do atendimento, ficou resolvido que minha contestação seria repassada ao setor responsável, que me daria retorno em até cinco dias úteis, por e-mail ou telefone. Não satisfeito, publiquei também uma reclamação no site Reclame Aqui, que pode ser acessada no seguinte link. As incontáveis reclamações contra o Extra.com podem ser lidas aqui, muitas delas ignoradas, como a minha.

No dia seguinte, 9 de janeiro, recebi uma ligação de Amanda Câmara, solicitando o envio do print com o valor no momento da compra. O envio foi feito às 16h45 para o e-mail amanda.camara@novapontocom.com.br. Nesse momento, descobri que o Extra.com pertence ao mesmo grupo do Pontofrio.com, contra quem tive que ir à Justiça para resolver causa relativa a uma compra que não foi entregue no ano passado, e que a empresa se recusou a reconhecer. Você pode conhecer as outras empresas do grupo neste link, a fim de evitá-las.  A Amanda respondeu meu e-mail, às 17h12, dizendo ter encaminhado os prints para a área responsável. Na sexta, dia 10, recebi ligação de outra atendente, pedindo também os prints. Quando disse que já havia enviado à Amanda, ela disse que iria ver com ela e desligou.

Desde então, tenho sido ignorado pelo Extra.com. A linha de telefone informada no site nunca está disponível. A conversa via chat não resolve nada. Não recebi mais nenhuma ligação nem resposta aos outros e-mails enviados, cobrando posicionamento. Minhas réplicas no Reclame Aqui sequer foram rebatidas.

Ontem à noite, fui respondido via Twitter, conforme podem ver abaixo, porém passei a ser ignorado assim que verificaram qual era a minha demanda. Hoje já enviei uma mensagem direta, porém sem sucesso.

Resposta via Twitter (14/1/2014)

Resposta via Twitter (14/1/2014)

E, assim como não “deixei pra lá” a história com o Pontofrio.com, esse post não é o fim da minha “briga” com o Extra.com, mas apenas o início.

Uma resposta em “Nova Pontocom, Extra.com e o desrespeito ao consumidor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s