Eterna reconfiguração de mim mesma

Ilustração: Kleber Bassa

“Tristeza não tem fim, felicidade sim…”

Assim cantou Vinicius de Moraes, um dos ícones da Bossa Nova. A findada felicidade e a perpetuação da tristeza que agora toma conta do meu ser, diga-se de passagem, minha eterna companheira. Mesmo feliz, sinto-me triste. A insatisfação insiste em realizar visitas periódicas em todos os momentos da vida dessa mortal que não se cansa de sonhar e buscar a utópica felicidade.

Em um exercício de fortaleza contenho os choros, as lágrimas e invisto na tentativa de mostrar-me fria, sem sentimentos e reações emotivas. Não expressar minhas angústias, ressentimentos, decepções, melancolias e nostalgias parecem-me uma excelente alternativa, até perceber que sou humana. A percepção de humanidade revela defeitos, erros, culpas e massacra meu âmago. Ter a certeza de que sou falha, o que implica em não ser perfeita, gera frustração.

É incrível compreender o quanto somos passionais, o quanto demandamos o amor do outro. Ao término de um relacionamento o mundo desaba. Grande parte dos nossos fazeres perdem seus sentidos, ficamos imersos em um lago gelado de sofrimentos e questionamentos, contagens de tempo e investimentos sentimentais, emocionais, físicos e, por que não, egóicos.

Um pedaço de mim se foi. É necessário me reconstruir e contemplar novamente o devir. Amanhã será outro dia, e outro compositor fará com que eu veja o pôr sol e nele deposite novas esperanças. A tristeza não se foi, mas eu me esforçarei para ver o mundo sobre um novo prisma.

Sempre incoerente? Talvez. Um pouco pessimista? Quem sabe? Mas ávida por novos amores e novas descobertas.

Conflitos que me constroem e me destroem, reflexos da dinâmica cotidiana de um ser, ou não ser. Sou eu, eterna reconfiguração de mim mesma.

Alessandra Belmonte

Ou apenas Alessandra, a quarta convidada nesta série de publicações do aniversário de 6 anos do contradição™.

2 respostas em “Eterna reconfiguração de mim mesma

  1. Pingback: O novo contradição™ | contradição™

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s