Com|paixão

Não há barulho em mim!
Aqui, somente calma
Lá fora, culpa e vazio
Companhia que é solidão

Mistura esquisita…
De sons (sons?!)
Barulho!

Em mim, a Paz!
Absoluta,
Reina,
Faz morada em meu coração

Sinto, percebo…
Deleito-me, experimento!
Quando noto o que se passa lá fora
Aquieto-me ainda mais,
e choro…

Lágrimas,
Paz,
Dor,
Com-paixão.

No fim de tudo,
de volta ao meu lar
Ou, quem sabe, ao silêncio
Distante da bagunça,
mergulhado em solidão!

*Escrito em 1º de abril de 2010, às 20h58, durante o… 

 

2 respostas em “Com|paixão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s