Singeleza da dor

A singeleza da dor
Que me acomete
Lembra-me a ternura
Do “Um Amor”
Que enobrece
Dor e amor
Tão imensos
Tão intensos
Tão fortes
Amor e dor
Há algum coração
que, em paz,
os comporte?

Muito duvido,
mas nunca convicto!
Esqueço-me, ignoro, fujo
Pouquíssimo sei

E apenas sei coisas minhas
Conheço o Amor com que amo,
Aquele que me livra da morte,
E a dor que me atinge,
a cada segundo mais forte

Uma resposta em “Singeleza da dor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s