Anos de Vida

Hoje é aniversário do Wendell. Um garoto que exala juventude e pequenidade. Mesmo assim, a maturidade que ele [às vezes] decide usar muito me assombra. Sem me preocupar em fazer alguns floreios para deixar o texto maior e mais bonito, adianto o que penso do meu amigo. Se tivesse que escolher um adjetivo para defini-lo, usaria sensacional. Mas quero defini-lo em dois: surpreendente e sensacional.

Dizer que não gosto de aniversários pode parecer já desnecessário. Mas, não! Basta que eu me lembre das frequentes perguntas que me são feitas e que já foram por mim respondidas um sem-número de vezes. Para mim, é um prazer repetir as minhas ideias. Claro que quando quero, de forma repentina, espontânea. E não quando alguém me pede para (re)explicar aquilo que [não me] canso de dizer!

O parágrafo acima foi apenas para (re)explicar que o que escrevo sobre o Wendell não tem relação apenas com o hoje, dia 25 de maio. É o reflexo de cada hoje em que pude experimentar a pequenidade dele. E, com isso, chegar à conclusão: o Wendell é surpreendente e sensacional!

Dentre as definições de surpreendente, a que mais gostei é a seguinte: “algo que rouba a sua atenção, que te fascina”! Troque algo por alguém e você já sabe quem é o Wendell. Óbvio que essa é a minha percepção a respeito dele. Mas o que mais eu poderia dizer no meu blog sobre meu amigo, além da minha percepção?

Não é segredo para quem me conhece que eu gosto de trocar ideias – e também ideais. E não são poucas as pessoas com quem faço isso. Porém, nenhuma delas é como o Wendell. Ele é surpreendente. Rouba a minha atenção. De qualquer concorrência humana. Espero que ninguém se sinta menosprezado, mas poucas pessoas conseguem me provocar ao pensamento e ao crescimento pessoal quanto ele.

E por que sensacional? Esse adjetivo escolhi porque é tão extraordinária a representatividade que a amizade do Wendell tem em minha vida que fica até complicado explicar. Acho que não expliquei nada na frase anterior. Tanto faz. É extraordinário mesmo. Foge à minha capacidade de entender.

Hoje, dia em que muitos aproveitam para desejar boas coisas ao Wendell, aproveito para pedir outra coisa. Que Deus nos brinde com muitos outros anos de amizade, para que a evolução e o crescimento dele sejam sempre surpreendentes para mim. Quero mais surpresas! Em qualquer data. Em qualquer ocasião. Sem qualquer desejo tosco dito, sem compromisso, hoje…

Meus parabéns, hoje, não são pelo envelhecimento do Wendell. Eu o parabenizo por ter cultivado uma alma tão nobre e gigante, que extrapola os anos contados no tempo cronológico. Anos de Vida nada têm a ver com os anos do calendário. E a alma do Wendell sabe disso muito bem…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s