Tentativa

Se dizem que o que escrevo
não é poesia,
aceito!

Se afirmam que não há ritmo
cadência ou rima,
concordo!

Se repetem que não existe
muito – ou qualquer – sentido,
reconheço!

Se acusam-me de incoerente
e de contraditório,
assumo! O sou

Se argumentam que não sou poeta,
está bem!
Não me importo

Se orientam que eu pare de escrever,
ignoro… e insisto!

Sou incorrigível.
Tentativa eterna de ser poeta,
ainda que, para todos,
frustrada!

5 respostas em “Tentativa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s