Pensamentos

Sonhos de algodão
Macios, suaves
Entre as mãos
Leveza que enternece

Pensamentos como brisa
Frescos, leves
Tocam o rosto
Passagem que enobrece

Gosto do vento
E do que ele faz
Com as árvores
Lembra-me das palavras
Quando invadem meu ser

Pensamentos de algodão
Sonhos como a brisa
Um jardim no coração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s