Explicação

Perguntam-me, com certa freqüência, por que raramente escrevo textos dissertativos – e longos – em meu blog, coisa que acontecia muito há algum tempo. Resolvi, enfim, responder:

Acredito que não tenha mais tempo para isso. São raros os assuntos que exijam muitas palavras. Prefiro dedicar-me ao “breve”, pois ali me encontro e me mostro, ao mesmo tempo em que permaneço oculto. E, aliás, não escrevo para ser lido. O que escrevo é aquilo que sai de mim com o intuito de retornar. A origem sou eu. O fim também. Se outros – mesmo que raros – também gostam, fico apenas grato!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s