Depois de um tempo

Depois de um tempo,
A gente entende que estendeu as mãos para quem um dia vai nos apunhalar com as próprias mãos;

Depois de um tempo,
A gente entende que abraçou justamente quem vai nos enforcar com os próprios braços;

Depois de um tempo,
A gente entende que beijou quem vai usar a boca para nos morder com a crueldade de suas palavras;

Depois de um tempo,
A gente entende que sorriu para quem esconderá por trás dos lábios a verdadeira vontade de nos consumir;

Depois de um tempo,
A gente entende que tirou da lama quem vai nos empurrar para dentro dela algum dia;

Depois de um tempo,
A gente entende que investiu em quem fará de tudo para destruir os nossos sonhos, projetos e investimentos;

Depois de um tempo,
A gente entende que as pessoas são falsas, más, corruptas, perigosas, sujas, baixas, perversas, sem solução;

Depois de um tempo,
A gente entende que está pronto para lidar com tudo isso;

Mas no dia que descobrimos isso, é tarde. Também já somos assim.
Tornamo-nos parte da podridão;

Fomos moldados pelo mundo!

2 respostas em “Depois de um tempo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s