Nosso estado

Estão matando por dinheiro
Estão vivendo pelos bens
Estão vivendo indiferentes
E o desamor não vê a quemEstão vivendo num mundinho
Que se fechou em suas leis
E danificam suas mentes
Quem se perdeu não percebeu

Você me diz conscientizar
Mas é você quem escraviza
Pessoas que não aprenderam a aprender
Pessoas que não aprenderam a viver
Pessoas que não aprendeu como vocêEstão pisando na calçada
Com a cabeça em outro mundo
A realidade escraviza
Por isso escondem suas mentiras
E quem não enxergou o que é o amor
Se contentou com fantasias

Você me diz conscientizar
Mas é você quem escraviza
Pessoas que não aprenderam a aprender
Pessoas que não aprenderam a viver
Pessoas que não aprendeu como vocêEstão vivendo sem viver
Estão vivendo sem entender
Estão vivendo sem viver
Estão vivendo sem entender

*Ediney dos Santos Martins é mineiro de Ponte Nova, mas mora em Belo Horizonte há quase 20 anos. Meu amigo. Músico, compositor e poeta. Um cara que acredita que o mundo pode ser melhor se fizermos algo por aqueles que necessitam de nossa ajuda. Alguém que aprendeu a aprender e que ensina ‘sem querer’.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s